► TIMAÇO ONLINE  ► PLAYER ► 

 

 

TIMAÇO DA PAIXÃO
Não Perca

Congonhas alcança marca histórica nos Jogos de Minas 2016.

13873053_667008106788263_2533037365075853032_n

A delegação congonhense obteve a 3ª colocação no ranking da etapa regional dos Jogos de Minas, que foi realizada em julho em Itajubá, no Sul de Minas. Vôlei, Handebol e Futsal masculinos conquistaram o vice-campeonato se classificaram para a primeira divisão da etapa estadual da competição que será realizada em agosto em Lavras, também no Sul das Gerais, de 7 a 11 de setembro.

Em franca ascensão, a equipe de Vôlei Masculino de Congonhas deixou escapar o título por um set, já que chegou até a vencer os campeões Poços de Caldas por 3 sets a 1 na chave única do torneio. Mas como foi derrotado por Três Corações pelo mesmo placar, Poços ficou com o título ao bater Três Corações por 3 sets a 0. Juiz de Fora e Itajubá não venceram nem um set. Segundo o técnico Marcinho, “desde o início de seu trabalho frente ao Vôlei congonhense, a intenção era prepara a equipe masculina para estar entre as duas melhores da etapa regional dos Jogos de Minas. Então o objetivo está alcançado. Agora que chegamos é possível ficar entre as três melhores do Estado”.

13902834_667007833454957_8916346980861414694_n

O desempenho do time feminino foi prejudicado pela impossibilidade de algumas atletas participarem, seja por motivos escolares ou outros. “Nosso planejamento era mesmo o alcançado, disputar a 2ª divisão (na etapa estadual), já que as meninas foram desistindo de participar dos Jogos de Minas por motivos particulares”.

O Futsal Masculino estreou empatando com Coronel Pacheco em 3 a 3, derrotou Extrema por 5 a 3 e ficou no 4 a 4 com Santos Dumont na chave B. Na semifinal, Congonhas bateu a forte Juiz de Fora por 3 a 2 e na final com Coronel Pacheco acabou superada por 4 a 3.
O artilheiro da competição foi o congonhense Rodrigo Lorran, com 11 gols. “Disputo os Jogos de Minas desde 2006, com algumas ausências (ele jogou profissionalmente Pulo do Gato de Campinas e na Liga Chinesa de Futsal). Em um processo de renovação como o que estamos passando, a equipe ter conseguido chegar à 1ª divisão e ainda ser o artilheiro considero o desempenho muito satisfatório, o que reflete positivamente na imagem da cidade”, comenta.

13882475_667008043454936_1979574430250514811_n

 

“Nossa meta era chegar à etapa regional. Quando chegamos, o objetivo passou a ser a 2ª divisão, já que estamos em um processo de renovação do grupo de jogadores. Cerca de 75% de nossos atletas são ainda da categoria Sub-20. Com a classificação para a etapa estadual, e para a 1ª divisão, almejamos algo a mais. Por isso estamos treinando terça e quinta visando à disputa da 1ª divisão dos Jogos de Minas. Formamos grandes jogadores, mas perdemos alguns neste ano, como o Nandinho, Ivo e o Vareta, que estão federados na disputa dos Jogos de Minas pela equipe de Caratinga. Somos uma das poucas equipes, daquelas que estão sempre chegando à etapa estadual, que tem todos os atletas formados na base”, avalia o treinador Luiz Fernando.

 

13873053_667008106788263_2533037365075853032_n

Já a Seleção Feminina de Futsal de Congonhas treinada por Luciana Nogueira havia conquistado a medalha de prata da Etapa Microrregional Vertentes/Mata dos Jogos de Minas. Esta equipe tem demonstrado grande evolução nos últimos anos e terá suas chances de chegar à etapa estadual ampliadas em 2017.

 

 

 

 

 

 

E o Handebol masculino chegou à etapa estadual pela primeira vez e ainda pelas portas da 1ª divisão. A equipe treinada por Diaulas Luiz Pertence estreou com derrota na regional por 43 a 18, venceu Lavras por 23 a 20, Varginha por 32 a 25 na fase de grupo. Na semifinal, derrotou Extrema por 38 a 35 e só perdeu o título para Juiz de Fora (33 a 23) que possui parceria com o Sport Recife e levou atletas da equipe nordestina para o torneio.13920291_667007720121635_3585199049593048274_o

“É a segunda vez que passo pela Seleção de Congonhas, agora como treinador efetivo. A cidade chegou à etapa regional três vezes e de forma seguida. Ano passado, nos frustramos por termos ficado pelo caminho por 1 gol. Mesmo com a oportunidade que surgiu de irmos para a última etapa, preferimos manter a maioria absoluta de jogadores da cidade. Com este resultado, pretendemos reformar a equipe sim, mas só de termos chegado isso já motiva a chegada da garotada que joga Handebol nas escolas para nossas escolinhas. Até então muitos talentos são desperdiçados. Conosco os garotos passam a entender a modalidade, evoluem e os resultados aparecem. Além do mais, todo este investimento que a Prefeitura tem feito em escolinhas, treinadores específicos e os ginásios poliesportivos oferece o cenário ideal”, comenta Diaulas.
Com a requalificação do Poliesportivo Central, a escolinha que lá funcionava será retomada; a iniciação na quadra da Praia será reativada, haverá outra escolinha na quadra do Rosário, todos a partir de agosto, e será mantido o núcleo do Dom Oscar. As escolinhas são para garotos a partir dos 12 anos.
Equipe feminina

13901445_667007960121611_6224012998292744273_n

Meninas da equipe antiga de Handebol de Congonhas voltaram a treinar por conta própria na quadra reformada da Vila São Vicente com material cedido pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL). Segundo Diaulas, a tendência é que, se este grupo mantiver a rotina de treinos, que voltem a compor a Seleção. Está prevista a transferência destes treinamentos para o Ginásio Poliesportivo do Dom Oscar, que oferece melhores condições para elas. As meninas que forem surgindo da base irão se juntando a este grupo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *